Ômegas

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo

Ômegas

Mensagem por Richard J. Brien em Qui Ago 14, 2014 2:03 am

SAVANNAH KOVALENKO HARDFROST
AVATAR
Alina Kovalenko
Idade
18
GRUPO
ômegas
RANK
ômegas
Personalidade
Sou como uma bomba relógio, imprevisível e muito agitada. Não consigo ficar parada por muito tempo, tanto fisicamente quanto mentalmente. Apesar de ser uma estrategista nata e planejar tudo antes de agir, não possuo rédeas na língua, falo o que deve ser dito quando deve ser dito, sem me importar muito com o que os outros pensarão. Em público, sou sempre a pessoa que tenta manter a conversa fluindo com meu senso de humor leve e fácil, porém, na verdade, não presto muita atenção nessas interações. Enquanto faço o papel de palhaça analiso tudo ao meu redor, procurando encontrar seus pontos fortes e fracos.

Amante de festas selvagens e, preferencialmente, secretas, torno-me uma garota completamente diferente quando estou longe dos olhares de conhecidos, afinal tudo que nos é proibido acaba sendo mais gostoso. Desde pequena fui a garotinha irritadiça, com pavio curto, e isso não mudou nada. tenho absolutamente zero paciência, talvez pelo fato de estar sempre em uma linha de raciocínio que anda rápido demais, como me entedio muito fácil, acabo fazendo besteira para passar o tempo. Cresci nas ruas, lidando desde pequena com tipos complicados, o que me ajudou a endurecer como pessoa. Como nunca recebi amor nenhum da minha família, não acredito no mesmo.
Como foi transformado/descobriu os poderes
Como dissera antes, fui criada nas ruas e nela vi muitas coisas que alguns chegariam a duvidar, conheci um mundo totalmente diferente e surreal, nem eu mesma no começo acreditava que aquilo pudesse ser real. Quando eu tinha 14 anos fui pega por uma mulher de um orfanato, era melhor ela ter me deixado nas ruas. Quando cheguei lá me deparei co uma espécie de prisão. Haviam crianças de todas as idades e eu fui parar em um quarto que tinha duas garotas de 16 anos e 5 garotos de 17. Um dos garotos sempre vivia isolado, não gostava de se misturar com nenhum deles e eu nunca vi ninguém o perturbando, as vezes chegava a pensar que o temiam. Certa noite eu escutei barulhos estranhos na cozinha, curiosa me levantei cautelosamente para analisar o que seria. Encontrei o tal rapaz de pé, mas estava de costas para mim e parecia estar arfando. Eu tentei averiguar se ele estava bem, mas da última coisa que me lembro é de eu acordar deitada na cama e com uma atadura envolvida um pouco a baixo de meu ombro. Dai em diante, as noites de lua cheia se tornaram um tormento.
Historia do Personagem
Eu me lembro de quando eu era criança, meu pais faziam de tudo para deixar claro de que eu era insignificante, como se eu tivesse pedido para nascer. Eles só davam valor aos meus irmãos mais velhos, pois trabalhavam e tinham como sustentar a casa, foi quando eu me revoltei e decidir encarar o mundo com apenas 11 anos. Eu não tinha ideia pelo o que passaria, ou que teria que enfrentar, mas eu tinha certeza de que eu ficaria muito melhor. Eu coloquei algumas coisas na mochila e coloquei o dinheiro que tinha escondido em meu cofrinho e sai de casa na madrugada. Eu lembro de ver o rosto da minha mãe e ela ver o meu, mas ela não me impediu de sair, simplesmente me dirigiu um olhar de indiferença. Foi quando eu tive certeza de aquele não era o meu lugar.

Aos 13 anos fui parar em um orfanato, acho que era mais preferível terem me deixado na rua. Aquele lugar parecia que a qualquer momento poderia cair aos pedaços e como se não bastasse eu, as outras crianças também eram revoltadas. Eu vivi por lá durante 3 anos e neles vi de tudo e mais um pouco. Quando completei meus quatorze anos conheci um garoto chamado Joseph, ele era três anos mais velho que eu. Todos do orfanato pareciam que tinham medo dele, pois tentavam o evitar e sempre o olhavam de uma maneira medrosa. Certa noite eu o encontrei na cozinha, ele parecia agonizado com alguma coisa, estava precisamente de costas para mim com mãos fechadas em punho apoiadas na bancada perto da pia. Ele também arfava e assim que notou minha presença se virou, a única coisa que chamou minha atenção foram as duas rubis que ele tinha no lugar dos olhos, elas cintilavam no escuro e aos pouco foram se aproximando de mim. Estava na cara de que havia alguma coisa de errado com ele, mas minha ingenuidade infantil não me permitiu enxergar por mais que eu soubesse. Eu só me lembro de sentir uma dor agonizante e depois aparecer no meu dormitório. Tinha algumas faixas envolvidas em meu braço com pequenas manchas de sangue, mas assim que as tirei nenhum vestígios de corte ou nada do tipo. Foi nessa época que eu tive meu primeiro contato com o sobrenatural.

Joseph me ensinou tudo que eu sei, me ensinou como me dominar, como dominar a lua, a raiva, ele cuidou de mim quando eu pensei que não houvesse mais ninguém que pudesse fazer isso. Mas como tudo na vida tem seu lado ruim ele demonstrou o seu. Joseph demonstrou ser totalmente ganancioso, ele só procurava por poder e faria de tudo para consegui-lo, mas eu não faria parte de sua ganância. Um dos outros betas tentaram me impedir, o que acarretou em uma morte, a cor dos meus olhos nunca mais voltaram ser a mesma. Não consegui lidar muito bem com aquilo, sempre que olhava para minhas mãos eu lembrava do que elas haviam feito, mas era eu ou ele.

Mais uma vez me aventurei no mundo, mas dessa vez eu não era uma humana indefesa. Minha mente era outra, eu agora não era a bobinha que todos pensavam que poderiam se aproveitar e sairiam ilesos, chega de seguir regras, chega de fazer coisas por pessoas que nem ao menos moveriam um dedo por mim. Agora eu mando na minha própria vida. Como não pretendia ficar na mesma cidade que Joseph me mudei para a pacata Beacon Hills, agora com 18 anos já poderia tentar me manter e ter uma vida direita, pelo menos tentar e ai de quem entrasse em meu caminho.
Demais Características
O que mais achar importante
avatar
Richard J. Brien
Beta Amarelo
Beta Amarelo

Mensagens : 7
Data de inscrição : 10/08/2014

FP
Level:: 1
Raça::
Arsenal::

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo


 
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum